História

Em 1977, após a fundação da Faculdade de Ciências e Tecnologia foi equacionada a criação de um Departamento de Biologia que englobaria as áreas de Botânica, Microbiologia, Genética e Zoologia. Os docentes encontravam-se envolvidos no ensino da Licenciatura em Engenharia do Ambiente (5 anos) e de programas de pós-graduação em Engenharia Sanitária e Engenharia Biológica. Contudo, em 1980/1981, foi criado o Departamento de Química e Biotecnia, que incluía a Secção Autónoma de Biotecnologia (SABT). O Departamento oferecia uma Licenciatura em Química Aplicada com uma sub-área de especialização em Biotecnologia. A reorganização do Departamento em 1983/1984 levou à criação do actual Departamento de Química e a Secção Autónoma de Biotecnologia tornou-se num sector autónomo da FCT/UNL englobando dois Grupos de Disciplinas - Microbiologia e Genética Molecular.

No ano lectivo de 1994/1995 a SABT estabeleceu-se no actual Edifício Departamental e simultaneamente incorporou um novo Grupo de Disciplinas - Biologia Celular. Em 2002, a SABT lançou a Licenciatura em Biologia Celular e Molecular (4 anos) contando com a colaboração de diversos sectores da FCT/UNL. Em Janeiro de 2006, a SABT apresentou uma proposta de criação do Departamento de Ciências da Vida. Em 2007, foi definitivamente criado o Departamento de Ciências da Vida.